Get Adobe Flash player

O signo de Escorpião começou a ter importante papel na evolução da humanidade depois que o estelar Marte foi diferenciado no último terço da Época Atlante. Os Espíritos Lucíferos de Marte começaram sua atividade influenciando a mente florescente da humanidade, que naquele tempo podia empregar a astúcia, um passo acima da força bruta do período anterior. Como consta no Conceito Rosacruz do Cosmos: “a mente foi dada a humanidade na Época Atlante para dar-lhe propósito para ação, mas sendo o Ego excessivamente fraco e a natureza de desejos forte, a mente uniu-se ao Corpo de Desejos; dessa união resultou a faculdade da Astúcia, causa de toda malícia do terço médio da Época Atlante”. Notamos também que Escorpião simboliza a doutrina esotérica do sacerdócio Atlante, o guardião dos Mistérios da Escola Atlante. Hoje ele simboliza as forças secretas da Natureza em sentido astrológico. Agora talvez possamos ver como a astúcia está ligada e profundamente enraizada no Corpo de Desejos regido por Marte-Lua. Podemos também ver como Escorpião age na mente tanto quanto as emoções. Além disso, Marte rege o lado esquerdo do cérebro. Desde que a astúcia tornou-se auxiliar do desejo, não tem sido fácil a tarefa de transmutar a astúcia em razão. A personalidade de Escorpião não se submete a imposições, permanecendo firme naquilo que considera seus direitos. Ao mesmo tempo pode ser rude para seu antagonista. Tem em sua língua o ferrão do escorpião, possuindo também a bravura de um mártir no combate, sempre com a mente fria e aguçada. A outra polaridade de Escorpião mostra a águia voando a grande altura, desejosa de se sacrificar em beneficio dos outros. O corpo do nativo de Escorpião é rude e pequeno, com um pescoço taurino. O nariz é grande e recurvado como o bico da águia. Um queixo rude, quadrado, indicando determinação; a face é angular e escura. Se o Sol está neste signo, o nativo poderá mostrar seu lado elevado e ter grande interesse nos estudos místicos e ocultos. A natureza marciana quer ação e não apenas exercícios devocionais. Embora possa ir longe na metafísica, terá dificuldade com o materialista Marte e tem um problema constante no seu Corpo de Desejos. A seu favor encontramos honestidade, habilidade executiva e trabalhador em linhas construtivas. Todavia, depois de ter adquirido algum poder, pode subtamente, usá-lo impropriamente como um ditador. Seu temperamento é a força que proporciona mais destruição materialmente, e a paixão e a perversão sexual acompanham seu lado negativo. O corpo do nativo de Escorpião suporta inúmeros abusos, se não for destruído por acidente, pela guerra, suicídio ou pelo álcool. As partes do corpo mais suscetíveis à doença são: o cólon, a bexiga, os órgãos genitais, uretra, próstata, flexura sigmóide (a última curva do cólon descendente, antes de entrar no reto), o osso do nariz, o osso púbis e a substancia vermelha corante do sangue. Quando Marte está ativo, encontramos problemas também com o ferro no sangue, com os nervos motores, os movimentos musculares, o hemisfério cerebral esquerdo e o reto. Os aspectos de Marte indicam, em geral, a natureza exata e a extensão da aflição. Vênus em Escorpião é uma vibração difícil de controlar, pois o raio amoroso de Vênus mistura-se com o fogo marciano da paixão, resultando em desejo sexual exagerado. Isto, em geral, minará a constituição se não for controlado, seguindo de perda de vitalidade e decadência do organismo. O amor a luxúria e uma disposição ciumenta prejudicarão a saúde emocional, refletindo desequilíbrio no Corpo Denso. Especificamente, Vênus em Escorpião dá tendência a varicocele, doenças venéreas, prolapso ou tumores uterinos, menstruações dolorosas, e por ação reflexa em Touro, afecções na garganta. Mercúrio rege a mente concreta e quando situado em Escorpião proporciona percepção rápida e língua afiada. Se aflito, a natureza é propensa as brigas e ao ceticismo, rasgos que se manifestam em desequilíbrios no corpo. Mercúrio rege também o hemisfério cerebral direito, as cordas vocais e aos nervos sensórios. Aflito em Escorpião, demonstra tendência para sofrimento em bexiga e nos genitais, dificuldades menstruais e, por ação reflexa em Touro, rouquidão, surdez ou gagueira. A Lua, tendo regência sobre o estômago, os linfáticos e o sistema nervoso simpático, o fluido sinovial, os ovários e o útero, quando aflita, proporcionará perturbações nesses órgãos. Quando aflita em Escorpião, a influência lunar pode manifestar-se em perturbações da bexiga, hidrocele e distúrbios menstruais. Saturno, o estelar da obstrução, da cristalização e da atrofia, rege os dentes, a pele (proteção) e a vesícula biliar. Em Escorpião, Saturno pode obstruir o metabolismo na parte do corpo que rege e se estiver aflito, proporcionará dificuldades com o companheiro de matrimonio, e consequentemente sofrimento no sistema nervoso. Saturno em Escorpião também proporciona tendência à esterilidade, supressão do mênstruo, hemorróidas, prisão de ventre, e por ação reflexa, poderá ocasionar gagueira, catarro nasal e outras afecções da garganta. Saturno bem aspectado em Escorpião contribui para boa saúde, a vida longa e interesse no ocultismo. O grande centro de atividade de Júpiter é o fígado, onde forma glicogênio dos produtos pela corrente sanguínea da veia horta. Neste órgão (o fígado) também está localizado o grande vórtice central do Corpo de Desejos, e, portanto, um fígado que funciona bem faz a pessoa ter amor pela vida, estarem prontos para servir os outros em qualquer ocasião, mesmo com sacrifício próprio. Um Júpiter aflito em Escorpião dá tendência para tumores uterinos, hipertrofia da próstata, hidropisia, abscessos na uretra, hidremia e por ação reflexa em Touro, hemorragias nasais e apoplexia. Quando o lado negativo de Júpiter está em evidencia no tema, o nativo terá de combater contra a indulgência própria, particularmente no apetite por alimentos muito temperados que requererão a ação do fígado para assimilá-los apropriadamente. O estelar Urano, regente do Corpo Pituitário, tem papel preponderante no processo da assimilação. Quando aflito em Escorpião, poderá resultar em condições assimilativas impróprias, que se manifestarão nas partes do corpo regidas por este signo. Dão tendências para abortos, doenças venéreas. Por ação reflexa em Touro, poderá haver espasmos, soluços, histeria ou dança de São Vito. Felizmente, Urano em Escorpião tende a fortalecer a vontade, e assim o nativo pode, se tentar, obter êxito no desenvolvimento interior. Netuno bem aspectado em Escorpião inclina o nativo a aprofundar-se nos segredos da natureza dando também percepção inspirada nos domínios da razão. Isto poderá ser de grande auxilio para evitar as doenças. Todavia, Netuno aflito em Escorpião dá tendência para o sensualismo, para a ira e grande desejo pela bebida ou pelas drogas. Netuno age no sistema nervoso e rege o canal espinhal e seus efeitos negativos parecem ser de natureza destrutiva. Resumindo, os assuntos básicos de Escorpião são as forças secretas da natureza, a cirurgia, o poder curativo, magia, profissões militares e sexo. O nativo de Escorpião, polarizado positivamente, se usar seus talentos latentes (mostrados pelos bens aspectos) poderá trabalhar para a regeneração com coragem e muitos recursos. Terá habilidade natural para fazer investigações secretas. O tipo menos desenvolvido poderá causar muita discórdia, tanto interna como externa, e usar mal sua energia criadora. Pode ser inclinado à vingança, ciúme, perversidade e cólera. A cólera ou explosão emocional de qualquer espécie faz com que pedaços de plasma formem corpúsculos brancos no baço. Eles aumentam no sangue, seguindo-se a anemia e o corpo torna-se mais sujeito as doenças. A afinidade metálica de Escorpião é pelo ferro; sua pedra é o topázio ou a malaquita; sua cor é o vermelho. A nota musical básica é Mi Maior, cujos acordes tem quatro sustenidos e, quando Escorpião está no signo ascendente, essa totalidade poderá ser para ajudar a trazer harmonia ao corpo. As regras básicas para os nativos de Escorpião é dar particular atenção para melhorar e manter a saúde em: limpeza física, alimento integral, controle emocional e atividade física construtiva. (Extraído: Revista Rosacruz – Out/60)

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar