Get Adobe Flash player

 

Netuno – Aspetos e Posições

Por Elman Bacher

              

  É interessante notar a correlação de Netuno, regente de Peixes, e os dois signos da triplicidade de água: Câncer, cardial, regido pela Lua, é a água geradora de poder e força – rios, correntes, quedas de água e chuva; Escorpião, fixo, é gelo – comprimido estático – simbolizando as reservas do poder; Peixes, mutável, é a água como um agente envolvente – nevoeiro, bruma, miasmas e, acima de tudo, o poderoso oceano que circunda todos os corpos da terra.

                Câncer é o corpo maternal que gera sustento para a nova encarnação. Escorpião, regido por Plutão, é “inconsciente coletivo” – o vasto oceano de forças astrais que rodeia o corpo da humanidade. Peixes é o “Grande Sombreador”, - a  Vida Divina na qual nos movemos e temos o nosso ser. Netuno representa a capacidade de “abrirmo-nos” ou de “totalizarmo-nos” identificando-nos com as “Mais Altas Influências” e de expansão de nossa consciência para com a divindade da vida. Por meio da “faculdade de instrumentação” de Netuno podemos, dependendo de nossos estados de consciência, entrar em contato com as fontes de exaltadas inspirações ou podemos abrir as portas do reino de Plutão e, assim, caminharmos nas cavernas de nossos estados não regenerados.

Esse “Grande Sombreador” de Netuno já foi comentado em outros artigos, em que foram interpretados os modos de expressão da décima-segunda Casa – o sombreador das nossas encarnações passadas que deve a determinado grau, ser redimido na presente encarnação. Porém, a nossa variação personalíssima da influência direta de Netuno está indicada pela Casa que tem Peixes interceptado, e pela Casa que tem o próprio Netuno ocupando-a. Isso mostra onde a ilusão e a desilusão se concentram; é o canal de experiências que indica a necessidade de desenvolver a Fé. Se Netuno está aflito, a Casa de Peixes indica onde e como, no passado, você traiu a Fé, necessitando agora de reajustamento com o Princípio.

A Casa de Peixes poderá indicar um padrão de relacionamento com profundo valor espiritual ou que o mesmo está velado ou mascarado de maneira que a sua íntima realidade não será percebida exteriormente por outros. É conveniente levar em consideração que a casa de Peixes de seu horóscopo – você propriamente – poderá compreender com menor clareza se suas realidades são mais “ocultas” do que objetivas em qualidade e significação. É onde poderá desorientar-se porque ela mostra, onde, no passado, você teria desorientado outros. Nos momentos críticos de suas dificuldades a Casa de Peixes lhe mostrará, muito provavelmente, aquilo que impelirá a buscar a Divina Assistência. Observando este capítulo de sua vida através de óculos escuros, irá em busca de uma direção que virá por intermédio daquele que tudo vê claramente.

A Casa que contiver Netuno é a direta expressão da sua consciência espiritual, o departamento da vida no qual você se qualifica a levar outros a estabelecer a Fé, a sua capacidade em estabelecer o Céu na Terra. Através da sua cada de Netuno o Divino diz: “Seja a voz de minhas palavras e as mãos para o meu trabalho”. Ainda, é onde você se exprime, compreensivamente, o “Seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu”.

Por causa de sua afinidade com o elemento água, Netuno pode ser considerado compatível com as Casas: quarta, oitava e décima-segunda para a sua colocação. Elas representam os níveis de consciência emocional e quando nelas colocado, Netuno torna-se decididamente com a sua sensibilidade mais pronunciada.

Os signos de Peixes e Câncer são considerados os dois “melhores” signos de Netuno, devido às forças de suas naturezas fluídicas e emocionais, acrescido ainda pelo fato de que a Lua e Netuno são, respectivamente, a “mãe pessoal” e a “mãe cósmica”, por isso o signo da Lua ajusta-se a Netuno mais do que qualquer outro signo, excetuando o signo de Peixes. Portanto, Câncer considera-se o signo de exaltação de Netuno e a natureza cardeal e dinâmica do signo, amplia a sensitiva mutabilidade de Peixes. Netuno nesse último signo expressa-se com mais “força” do que quando está dignificado.

A lenta trajetória de Netuno – transita por cada signo no espaço de tempo de uma geração, tem notável valor na pesquisa cíclica, considerando-se que milhões de renascimentos se processaram durante a trajetória de Netuno por cada signo equivalente, cada grupo, a uma “onda de vida” em miniatura, harmonizadas com determinadas expressões de consciência cósmica. A esse respeito a correlação de Urano com Netuno é particularmente valiosa. Consideremos: durante os últimos anos do décimo-oitavo século ocorreu um evento estelar de primeira magnitude – a conjunção de Urano e Netuno no signo de Sagitário. Surgiram novos conceitos, novos ideais, novas visões e novas profecias de uma humanidade libertada, projetando-se dentro do esquema humano das coisas. Revoluções ocorreram, o velho foi destroçado pelo efeito do sopro desintegrador. Essa conjunção estendeu-se a Capricórnio, resultando no surgimento de ensinamentos metafísicos, de novos conceitos de arte e moralidade.

A atividade de Urano e Netuno é idêntica em natureza a uma “lunação cósmica” – o dinâmico Urano e o espiritualizante Netuno proveu um “novo nascimento” para toda a humanidade. A “lua-cheia” dessa lunação foi a oposição de Urano em Sagitário-Capricórnio durante os primeiros anos do século vinte. Uma guerra mundial de devastadora significação trouxe à tona perturbações que ocasionaram mudanças que estiveram em “gestação” durante o último século. Em outras palavras: Urano voltou ao ponto de lunação e Netuno – como a lua-cheia da lunação Sol-Lua atingiu o ponto mediano. Todas as pessoas encarnadas durante essa grande oposição planetária estão propensas a uma maior consciência de certos princípios anímicos – Urano em oposição com Netuno é consciência para toda a família humana, um ponto crítico em nossa evolução.

Todas as pessoas encarnadas enquanto Netuno se encontrava em Áries, pertenceram àquela geração de pioneiros ou visionários, em particular aqueles que tinham Netuno em Áries e Urano em Câncer – foram ocupadas em estabelecer o “new look” nos negócios humanos: ensinamentos metafísicos, o sufrágio feminino, o controle da natalidade e outros elementos que serviram para libertar a humanidade de conceitos cristalizados e exauridos. Aqueles que encarnaram durante a oposição dos gigantes planetários vieram a um mundo cheio de inquietações e de desassossego. Porém, nós, por meio do desenvolvimento interno e da compreensão, poderemos nos situar no ponto exato do esquema das coisas e dessa maneira levarmos a nossa contribuição a Nova Era ou pelo não desenvolvimento interno podemos viver – ou tentar viver – através das nossas ligações com os elementos ou coisas que pertenceram a uma idade já superadas e dessa forma nos encontrarmos “fora do esquema” em relação aos atuais aspectos da vida. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar