Get Adobe Flash player

INTERPRETAÇÃO ASTROLÓGICA DO SALMO 23

 

O Senhor é meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente à águas tranquilas. Refrigerá a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor de seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra e da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença de meus inimigos; unges a minha cabeça com óleo; o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão por todos os dias de minha vida; e habitarei na casa do Senhor para sempre.

 

A impressão é que esse Salmo foi escrito especialmente para nós que vivemos nestes dias de inquietação e insegurança, pois: 1) Pela repetição de suas palavras, adquirimos uma sensação de paz e segurança. 2) Embora simples , ele possue uma enorme profundidade devocional. 3) Sendo a última linha uma profecia, é um canto de fé à Deus. 4) Este Salmo conta as belezas da espiritualidade, a generosidade de Deus e suas bençãos. 5) Pelo uso deste Salmo, recorremos – em forma de oração – às Doze Divinas Hierarquias Zodiacais/Planetárias. “A Bíblia foi dada ao mundo Ocidental, pelos Anjos do Destino, que estão acima de todos os erros, e dão a cada um e a todos, exatamente o que necessitam para o seu desenvolvimento. Por conseguinte, se procurarmos a Luz, encontra-la-emos na Bíblia” (Ritual Rosacruz do Serviço do Templo). Neste artigo, vamos analisar o Salmo 23, por meio da chave astrológica, tendo em mente que a palavra Senhor, pode referir-se também ao nosso Cristo Interno.

 

O SENHOR É MEU PASTOR - A Lei Cósmica é nosso pastor ou guia em nossa peregrinação através da matéria, como nos informa Max Heindel, no Conceito Rosacruz do Cosmos, através dos Períodos, Revoluções e Épocas. ÁRIES é o primeiro signo zodiacal, elemento fogo. Esta Hoste de seres altamente evoluída, identifica-se com a ação, o agir, o Princípio da Vontade. Para o ajustamento de nossas vidas ao Plano Evolutivo, torna-se necessário grandes esforços de nossa parte, intensa atividade anímica, o realizar, o fazer, o agir. “ Assim também a fé, se não tiver Obras, é morta em si mesma” (Epístola de São Tiago – 02:17)

 

NADA ME FALTARÁ – Trabalhemos honestamente para o nosso sustento, mas também com o objetivo de auxiliar nossos semelhantes, e assim construir nosso Corpo Alma. Evitemos a identificação com as posses materiais, e vejamos nelas grandes oportunidades de auxilio à humanidade. TOURO nos fala em compartilhar o que temos materialmente, com nossos semelhantes. Max Heindel, em “Iniciação Antiga e Moderna” Capitulo II – O Altar de Bronze e o Lavado, nos fala em “...construir um templo sem ruído de martelo para nele servir.. deve também consagrar-se e santificar-se, deve deixar toda posse terrestre para poder seguir o Cristo Interno. No entanto , pode conservar suas posses materiais usando-as com fé e sabedoria, como um sagrado depósito que lhe é confiado. Signo fixo do elemento terra, Touro está associado à segunda casa zodiacal, casa relacionada com posses, dinheiro, bens, finanças, lucros e tudo aquilo que materialmente se adquire. Evoluiremos muito, se refletirmos nas respostas à estas perguntas: Que uso faço de minhas posses para servir amorosa e desinteressadamente meus semelhantes? Qual é o real significado do “Eu Tenho”? Como vejo e avalio em termos espirituais os bens materiais? De que maneira compartilho o que possuo com meus semelhantes? O que significa para mim as palavras de Cristo: “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo” (Mateus 06:33). Qual o significado de Mateus 06: 19, 20: “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros nos céus, onde nem a traça nem a ferrugem consomem e onde os ladrões não roubam”.

 

DEITAR-ME FAZ, EM VERDES PASTOS – Somos levados, neste versículo ao campo da Mente, a GÊMEOS. Nos esforcemos para que nossa Mente sempre esteja ocupada com pensamentos elevados e ideais devocionários. Que possamos ser “verdes pastos” para nossa Mente. Em nosso Ritual do Serviço do Templo, lemos que “..agora conhecemos em parte, então conheceremos como também somos conhecidos”.À medida que sublimemos nosso Eu Inferior, e alimentemos nosso Eu Superior - auxiliando amorosa e desinteressadamente os nossos semelhantes - novos horizontes de espiritualidade irão decortinar-se. Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em caridade, e enriquecidos na plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus – Cristo. (Epístola de São Paulo aos Colossenses / 02:02).

 

GUIA-ME MANSAMENTE À ÁGUAS TRANQUILAS – Agora nos deparamos com o signo de CÂNCER, um signo do elemento água. E o que seriam as águas tranquilas, a que se refere este versículo? Câncer é o primeiro dos três signos deste elemento, ele que nos concebe, nutre, alimenta. É a Mãe do Zodíaco; rege o estômago, preparando o alimento para a digestão, e nos seios provê a nutrição para o recém nascido. O elemento água, refere-se esotericamente às emoções, e este versículo nos exorta a trabalharmos nossas emoções, de modo a tornarem-se águas tranquilas.Os exercícios de concentração/retrospecção, ensinados pela Fraternidade Rosacruz, nos são de grande utilidade nesse sentido. Nos Evangelhos, Cristo caminhou sobre as águas, ou seja, tinha domínio pleno sobre as emoções. Procuremos imitá-lo. “Mas, considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa” (Mateus 24:43).

 

REFRIGERA MINHA ALMA – É no lar do Sol – representado em nosso Corpo Denso pelo coração – que temos a explicação dessa frase. Os Senhores da Chama, a Divina Hierarquia Zodiacal de LEÃO, nos transmite a mensagem de que o serviço amoroso (coração) e desinteressado aos nossos semelhantes, é o único caminho para que possamos galgar esferas mais elevadas de espiritualidade. João, o evangelista diz que “... a vida era a Luz dos homens, e a Luz resplandece nas trevas, e as trevas não o compreenderam...”. Quando dedicamos uma vida dedicada ao serviço, encontramos refrigerio espiritual. E disse um dos anciãos: “Não choreis: eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir e desatar os seus sete selos” (Apocalipse 05:05).

 

GUIA-ME PELAS VEREDAS DA JUSTIÇA - Mercúrio, mensageiro de VIRGEM, o planeta da razão, ajuda-nos a desenvolver o discernimento necessário para analisar nossa conduta claramente. Por meio deste discernimento, os frutos da experiência são assimilados, absorvidos, amalgamados, afetando, dessa maneira, nosso Corpo Vital, onde inicia-se nosso progresso espiritual. Aqui, novamente, vemos a grande utilidade dos exercícios de concentração/retrospecção, ensinados pela Fraternidade Rosacruz. “Porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir nem contradizer todos quantos vos opuserem” (Lucas 21:15).

 

POR AMOR DE SEU NOME – A confusão existente no mundo é um reflexo daquilo que o ser humano criou em sua consciência. Agora, por meio de LIBRA, devemos aprender a equilibrar nossos pensamentos, palavras e obras. Vênus tem como uma de suas palavras básicas, o amor. E é fácil usarmos a lógica para deduzir que a balança (Libra) de nossas vidas deve estar equilibrada amorosamente (Vênus). No Ritual Rosacruz do Serviço do Templo, temos a passagem da Epístola do apóstolo Paulo aos Filipenses, “... Pelo que Deus o exaltou soberanamente e Lhe deu um nome que esta acima de todo o nome, para que o nome de Cristo-Jesus, se dobre todo joelho, e toda língua confesse que Cristo Jesus é o Senhor, para a glória de Deus Pai...”. No livro de Jó, Antigo Testamento, atribuído à Moisés, quando estava entre os Medianita (ou seja, num exílio) e escrito por volta do ano 1.520 A.C. lemos que: “... Tens tú a notícia do equilíbrio das grossas nuvens e das maravilhas daquele que é perfeito nos conhecimentos?” (37:16).

 

AINDA QUE EU ANDASSE PELO VALE DA SOMBRA E DA MORTE, NÃO TEMERIA MAL ALGUM – Aqui, temos o mistério da vida! A relação do rastejante escorpião, e a águia voando majestosamente pelos céus. Sob o signo de ESCORPIÃO aprendemos que um esforço se faz nescessário para que sublimemos nosso Eu Inferior (escorpião rastejante) em Eu Superior (águia). Dessa forma, estaremos construindo uma manjedoura onde nosso Cristo Interno irá nascer. No Evangelho de João, 08:51, lemos que “Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte”.

 

TUA VARA E TEU CAJADO ME CONSOLAM – Vara/Cajado representam aqui nossa força criadora, que direcionada para cima, colocarão em vibração nossas duas Glândulas Endócrinas (Pineal e Pituitária). Muito significativo o símbolo de SAGITÁRIO: um centauro, metade animal (natureza inferior) e metade humana (natureza superior). Este centauro aponta sua flecha para cima, indicando nosso verdadeiro lar. “Tú, pois, converte-te a teu Deus; guarda a beneficência e o juízo, e em teu Deus espera sempre” (Oséias 12:06). Associemos “teu Deus”, com a Divindade Interna (Eu Superior) que todos nós temos, individualmente. A palavra beneficiência, está íntimamente relacionada à Divina Hierarquia Planetária de Júpiter, regente de Sagitário. Sugerimos – para informações mais detalhadas - o livro “Iniciação Antiga e Moderna” de Max Heindel, capítulo IV /A Arca da Aliança.

 

PREPARAS UMA MESA PERANTE MIM, NA PRESENÇA DE MEUS INIMIGOS – Mesa é o local onde realizamos nossas refeições, nossa alimentação. Este versículo nos exorta a compartilharmos o alimento com nossos (pseudos) inimigos. Vamos oferecer aos nossos inimigos o que temos de melhor: Nosso Eu-Superior. Devemos perdoá-los, orar e principalmente, auxiliá-los. CAPRICÓRNIO nos pede responsabilidade e disciplina antes de prosseguir-mos nossa jornada evolutiva, e uma das formas de se conseguir isso, é compartilhar nossa mesa, com nossos inimigos. “Bem aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa, e, chegando-se, os servirá”. (Lucas 12:37).

 

UNGES A MINHA CABEÇA COM ÓLEO, O MEU CÁLICE TRANSBORDA – Uma conduta essencialmente cristã é o óleo derramado em nossa cabeça (cristificação de nossas Glândulas Pineal e Pituitária, localizadas na cabeça). Nosso Cristo Interno unge estas glândulas, onde nosso cálice Corpos: Denso, Vital, de Desejos e o veículo Mente, transbordam de Éter Cristico. A Fraternidade Rosacruz, é o arauto da Idade de AQUÁRIO, sendo seus ensinamentos plenamente uníssono com o Cristianismo Esotérico. “Nínguem tem maior amor do que este: dar a sua vida pelos seus amigos” (João 15:13).

 

CERTAMENTE QUE A BONDADE E A MISERICÓRDIA ME SEGUIRÃO TODOS OS DIAS DE MINHA VIDA, E HABITAREI NA CASA DO SENHOR PARA SEMPRE - Em virtude de transgredir as Leis Divinas, o ser humano criou para sí, Dívidas do Destino. A Lei de Causa e Efeito tornou-se necessária. Contudo temos o livre arbítrio de – pela bondade e misericórdia – colocar em movimento novas situações (epigênese) que nos farão habitar a casa do Senhor para sempre (elevadas esferas de espiritualidade). PEIXES nos convida a refletirmos sobre a relação de nossos pés (regência pisciana), base que suporta nosso corpo com a base que temos que desenvolver: uma vida de serviço a nossos semelhantes. “Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés dos discípulos, e a enxugar-los com a toalha com que estava cingido” (João 13:05). Nossos pés , astrologicamente/anatomicamente, estão relacionados com a Divina Hierarquia Zodiacal de Peixes e à 12ª Casa Zodiacal, casa esta relacionada também com nossas dívidas de destino, contraídas nesta ou em vidas passadas. Cristo “lavou” os pés dos apóstolos, tornou limpa suas respectivas 12º Casa, lavou-lhes as dívidas de destino. Vejamos aqui um simbolismo muito rico. Nosso trabalho deve ser o de nosso Cristo Interno, lavar nossa 12ª Casa Zodiacal, nossas dívidas de destino contraídas. E a única forma para isso é SERVIR AMOROSA E DESINTERESSADAMENTE A NOSSOS SEMELHANTES.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar