Get Adobe Flash player

Sugar

Antigamente as pessoas comiam alimentos mais saudáveis, naturais, sem processos químicos, sem conservantes, etc. e, como consequência, gozavam de boa saúde.

Em meio a tantas drogas químicas, enlatados, etc., temos um grande vilão, provavelmente um causador de doenças, fraquezas e dores, que é o açúcar branco, principalmente, o refinado.

Hoje somos uma civilização consumidora de milhares de toneladas de açúcar.

A humanidade de 300 anos atrás não usava aditivos doces em suas dietas somente o mel era usado, eventualmente, como remédio.

O açúcar branco é resultado de um processo químico, onde é retirado da garapa (caldo de cana) e do açúcar mascavo, as fibras, proteínas, sais minerais e vitaminas, restando apenas o carboidrato pobre. Nosso organismo não precisa dessa "droga doce", e sim da glicose.

O açúcar branco “rouba” minerais preciosos das nossas reservas metabólicas, portanto ele é descalcificante, desmineralizante, desvitaminizante e nada mais, nada menos que um concentrado de ácido cristalizado.

Lembremos que 100% dos carboidratos como farinhas, cereais, o próprio açúcar das frutas, etc., transforma-se em glicose e assim mantemos (sem o açúcar branco) as necessidades bioquímicas do corpo.

Hoje muitas doenças modernas são provocadas pela poluição alimentar, devido a uma nutrição desequilibrada, colaborando também para o surgimento de doenças como: arteriosclerose, leucemia, diabetes, varizes, enxaquecas. insônia, asma, pressão alta, prisão de ventre, problemas de pele, distúrbios glandulares, cáries dentárias (e outras doenças da boca), problemas de crescimento, osteoporose, etc.

O cuidado com a alimentação é importantíssimo para a saúde de cada um, independentemente da idade.

Cuidado com o VENENO DOCE!

Maria Angela

Um pouco sobre o mel

Com relação aos açucares, cada 100 g de mel tem a seguinte composição:

Levulose ................ 40,5 g     Glicose ............... 34,0 g      Sacarose ............ 1,9 g

Como se vê cerca de 80% da composição do mel são constituídos de açúcares, -princípios alimentares que fornecem calor e energia ao organismo. Ainda têm a vantagem de não sobrecarregar os órgãos digestivos para sua digestão, pois cerca de 75% são formados por glicose e levulose — açúcares que possuem moléculas tão pequenas que são absorvidos pelo organismo sem a ação dos sucos gástricos.

Dr. Antônio de Miranda

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar