Éteres e os Quatro Elementos

Astrologia, Filosofia | 08/10/2020

Diz-se que na Grécia Antiga os filósofos pré-socráticos formularam a teoria dos 4 elementos na tentativa de explicar a natureza da realidade que nos envolve. Nesse sentido, Terra, Água, Fogo e Ar seriam os elementos básicos e formadores do mundo físico que conhecemos, cada um deles representado por um sólido geométrico: os sólidos platônicos.

Em sua Física, Aristóteles ampliou a concepção do Cosmos e dos elementos fazendo uma divisão entre o mundo sublunar e supralunar. Segundo ele, os corpos terrestres, pertencentes ao mundo sublunar, eram constituídos pelos 4 elementos e os corpos celestes (os astros), pertencentes ao mundo supralunar, eram constituídos da quinta essência (ou éter), cada um deles tendo o seu lugar natural e influenciando na formação e no movimento dos objetos que existem a nossa volta: 

Terra e Água (cubo e icosaedro) tendem para baixo  

Ar e Fogo (octaedro e tetraedro) tendem para cima.

Embora essa concepção dos quatro elementos seja tão profunda quanto antiga, a Filosofia Rosacruz nos ajuda a perceber ainda mais a sua importância, seja pela sua relação com a Astrologia, onde os Signos se determinam conforme o elemento com o qual se relacionam, seja pela sua correspondência com os quatro éteres, que compõem o mundo físico, conforme é abordado no livro “A Visão Etérica e o que Ela Revela”,  que traz: 

Na ciência oculta, os Éteres Químico, de Vida, de Luz e Refletor correspondem aos quatro: Terra, Água, Ar e Fogo.

 O Éter Químico (elemento Terra) é o éter através do qual as forças atuam para 

manter e nutrir o corpo. 

(A Visão Etérica e o que ela Revela, p. 15)  (http://www.christianrosenkreuz.org/ave.htm)

O Éter de Vida, relacionado à produção de sêmen e óvulos e responsável pela propagação das espécies, corresponde ao elemento Água. O Éter de Luz, responsável pelo calor do corpo e os sentidos físicos dos animais, corresponde ao elemento Ar. E finalmente, o Éter Refletor, relacionado à memória da natureza e responsável pela impressão do pensamento no cérebro humano, corresponde ao elemento Fogo. Diante desse panorama, poderíamos nos perguntar: 

E o que seria o Quinto Elemento ou a Quintessência?

Para aprofundar os estudos sobre este assunto, sugerimos o vídeo a seguir, que esclarece pontos importantes sobre a presença e influência dos quatro éteres na nossa vida diária, formando o que em linguagem Rosacruz é conhecido como Corpo Vital.

QUE AS ROSAS FLORESÇAM EM VOSSA CRUZ!

 

Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

X
%d blogueiros gostam disto: