Lua – O Planeta da Fecundação

Astrologia | 12/07/2019

Sabemos pela Bíblia que Jeová fez o Homem à Sua imagem. Também é dito ali que os Anjos visitaram Sara para anunciar o nascimento de Isaac. Profetizaram ainda o nascimento de Sansão e o de Samuel, e o Anjo (não Arcanjo) Gabriel foi à Maria de Belém para anunciar-lhe o próximo nascimento de Jesus. De acordo com a ciência oculta, Jeová e seus Anjos são os guardiães dos átomos-semente, fatores básicos na fertilização. As atividades dos Anjos são dirigidas para a manutenção da vida vegetal, animal e humana em nossa Terra. Com tal propósito, suas forças são focalizadas pela Lua peregrina através dos doze signos do zodíaco, cujas forças atuam sobre o feto de modo criativo durante o período da gestação, desde o momento da concepção até o nascimento.

Assim como regula as marés da Terra, a Lua regula também a passagem da alma desde as bordas da eternidade, passando pelas águas do útero, até o mundo do tempo. Consoante a astrologia, Câncer é a morada da Lua. Os antigos egípcios pintavam esse signo como um escaravelho ou besouro, o emblema deles para a alma,e chamavam câncer de a esfera da alma, pois dizia-se que através desse úmido signo da água, fertilizado pelo raio lunar, os átomos-semente são projetados para o útero da mãe em perspectiva, que assim é preparada para o perigo de gestação. A ciência oculta a isso acrescenta que os átomos-semente do reino animal, ainda sem a mente e, portanto, não sujeitos às influências lunares nessa direção, são projetados através do signo marciano de água Escorpião, ao passo que os átomos-semente das plantas são vertidos através do signo jupiteriano de Peixes pouco antes de o Sol entrar em Áries, no equinócio da primavera, para despertar as sementes das plantas adormecidas na Mãe-Terra, assim fertilizados por Peixes. Por conseguinte, a família humana tem o mais longo período de gestação, o animal um período mais curto e a planta o período mais curto de todos.

A Lua regula também o período de crescimento pós-natal, de maneira que o período da infância, assinalado pela troca dos dentes, completa-se aproximadamente aos sete anos de idade, quando a Lua progredida forma quadratura com o lugar que ocupava no nascimento. O período de puberdade começa por volta dos quatorze anos de idade, quando a Lua progredida entra em oposição ao lugar que ocupava no nascimento, e é marcado pela mudança de voz no menino e pelo início da menstruação da menina. Aos vinte e um anos de idade a Lua, por progressão, já percorreu três quartos do círculo do horóscopo a partir do seu lugar de nascimento. Isso encerra o período de incubação, pelo que se considera o ser humano completamente desenvolvido. Assim a distância percorrida pela Lua progredida nos vinte e um anos de desenvolvimento pós-natal no ventre da Mãe-Natureza, correspondem-se exatamente.

A Lua, como Mercúrio, não tem natureza básica própria, mas serve para concentrar as qualidades dos signos e dos outros planetas sobre a mente humana. Ela governa o ar que entra e sai dos pulmões e a linfa incolor do corpo; também a atividade digestiva e o sistema nervoso simpático, que cuida automaticamente do processo da digestão. Governa também o cerebelo, as mamas, as funções femininas e o parto, conforme mencionado acima.

Pessoas sob a forte influência dos raios lunares são de natureza calma, sonhadora e indolente, dadas a construir castelos no ar, os quais nunca se materializam ou assumem forma concreta. São muito sociáveis,e geralmente fáceis de se conviver. São mais bem-sucedidas como cozinheiras, donas de casa ou qualquer ocupação doméstica; também em alguma que tenha de lidar com líquidos, ou uma vida de marinheiro, de navegante marítimo.

Sendo feminina, a Lua indica a companheira de matrimônio para o homem, de maneira que no horóscopo de um homem a aflição da Lua é capaz de não causar tantos problemas de saúde quanto causa na vida matrimonial, pelo que os horóscopos dos sexos devem ser lidos diferentemente, com relação ao Sol e a Lua. Se Saturno aflige a Lua em um horóscopo de mulher, isso afetará sua saúde, mas o mesmo aspecto ocorrendo no horóscopo de um homem, causará problemas matrimoniais. Se o Sol estiver afligido no horóscopo do homem, afetará sua saúde, mas no horóscopo de uma mulher indicará problemas com seu marido. Porém ao mesmo tempo, não se deve esquecer que ambos, Sol e Lua, são fatores vitais na saúde de ambos os sexos, ainda que um sexo seja mais afetado que o outro pela Lua.

A Lua é a grande marcadora de tempo no universo. Sem ela nossas vidas seriam vazias de acontecimentos, pois, embora o Sol e os planetas em sua viagem pelos signos e casas indiquem os anos em que certas tendências mostradas no horóscopo podem culminar em ação, invariavelmente requer-se um aspecto da Lua para fertilizar o aspecto e fazê-lo desabrochar em manifestação física. O Sol e os planetas podem ser, portanto, comparados ao ponteiro das horas no Relógio do Destino, o qual mostra o ano em que cada fase do nosso destino amadurece para a colheita, enquanto que a Lua pode ser comparada aos ponteiros dos minutos, que mostra o mês em que as influências devem culminar em ação.

Trecho do Livro A MENSAGEM DAS ESTRELAS – Max Heindel e Augusta Foss Heindel

A Mensagem das Estrelas

12/07/2019

0 responses on "Lua - O Planeta da Fecundação"

Leave a Message

Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

X