O Bem e o Belo – Que relação existe?

Ciência, Filosofia | 11/11/2020

O Bem e o Belo

Que relação existe entre o Bem e o Belo?

Seriam manifestações diferentes de uma mesma realidade?

Ou o Bem e o Belo são realidades independentes?

A Filosofia Rosacruz incentiva todos os aspirantes à busca do Bem, do Belo e do Verdadeiro através do estudo da Religião, da Arte e da Ciência. No discurso de fundação da escola em Oceanside, em 1911, Max Heindel nos diz que:

Qualquer movimento para perdurar deve possuir três qualidades divinas:
Beleza, Sabedoria e Fortaleza.

Em vista disso, como estímulo a essa reflexão e busca de união, aqui deixamos o trecho de uma conversa entre os filósofos Giovanni Reale (1931-2014) e Hans-Georg Gadamer (1900-2002) acerca da relação entre o Bem e o Belo, a qual aconteceu em 1996.

REALE – No final de sua obra, no primeiro volume de Verdade e Método encontro a mais prenhe definição do belo em sentido platônico que se tenha dado em nosso século, e sobretudo uma defesa contra a dessacralização do belo, que hoje grassa em todo o mundo. (…) O senhor escreve, neste ponto, que “o belo é o modo em que o bem aparece, torna-se manifesto por si no seu ser e se apresenta”. E, portanto, tem valor hermenêutico no sentido mais elevado. E, pouco antes, afirma:

A Beleza pode também ser percebida como o
resplandecer de algo de ultraterreno e todavia visível.

Afirmar isso significa justamente reviver Platão. Então quero perguntar: como chegou a essa conclusão? Por sua conta e depois a encontrou em Platão, ou, vice-versa, foi justamente Platão o mestre na redescoberta do belo? Pessoalmente, considero que seja uma das coisas mais tocantes do seu livro: recordar ao homem de hoje o sentido metafísico do belo.
GADAMER – Naturalmente a primeira alusão, ou a primeira base sobre a qual desenvolvi esta ideia da manifestação do bem na beleza, me veio do diálogo platônico do Filebo, onde, no fim, se encontra esta frase:
Nós que estávamos em busca do Bem, no fim encontramos o Belo!
REALE – Exatamente.
GADAMER – E esse é, naturalmente, o tema do meu primeiro livro de livre docência (publicado em Estudos platônicos). Portanto, parece-me que também nós não podemos prescindir do Belo, se vamos em busca do Bem, e se nos colocamos perguntas sobre esse tema fundamental.” (História da Filosofia, vol.I, p. 181).

O objetivo da Fraternidade Rosacruz é conciliar
as grandes virtudes da Alma humana.
Ciência, Arte e Religião constituem a base da Filosofia Rosacruz.

QUE AS ROSAS FLORESÇAM EM VOSSA CRUZ!

11/11/2020

Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

X
%d blogueiros gostam disto: