O Significado do Natal para Um Estudante Rosacruz

Sem categoria | 04/12/2019

O Nascimento de nosso Salvador é uma data esperada por todo o Cosmos. Ensina-se na Fraternidade Rosacruz que Ele chega na Noite mais mais longa, mais escura e mais Santa do ano, para triunfar sobre as trevas, também encontramos nos Ensinamentos Ocidentais que Ele faz novas todas as coisas e traz vida e força  ao  planeta Terra.

Aprendemos também que anualmente o Cristo (Maior iniciado do período solar) realiza o grande sacrifício de dirigir seus sutilíssimos e poderosíssimos raios ao nosso planeta, o que é uma tarefa extremamente dolorosa dadas as condições bastante cristalizadas com que se depara. Este sacrifício perdurará até que uma parte ideal da Humanidade consiga emanar de sí vibrações mais sutis que garantam que a Terra possa manter sua órbita em torno do Sol sem a necessidade desta amorosa contribuição de Cristo que estará então liberado desta tarefa.

Estes ensinamentos trazidos por Max Heindel são bastante acessíveis, além disto realizamos a leitura devocional de rituais sincronizadas com os movimentos adequados das estrelas, ou seja astrologicamente. Entretanto estas práticas não bastam para dar conta das complexidades que desafiam o Ser Humano, mais ainda o homem contemporâneo, parece ser necessário algo mais (nele mesmo,ou dele mesmo) que o desperte na intensidade necessária para que a Consciência finalmente venha a se tornar o seu Norte.

O maravilhoso axioma “ainda que o Cristo nascesse 1000 vezes em Belém se não nascer em seu coração sua alma estará perdida” pode clarear o que se passa verdadeiramente sobre a intensidade para que esta auto consciência seja desenvolvida. Ou seja o verdadeiro Natal pode acontecer do lado de fora o tempo todo ou todos os anos, mas pouco adianta se não acontecer em nós.

Às vezes me pergunto:

Onde está este Cristo interno, existe um esquema para faze-lo nascer rapidamente?

Será que Ele nasceu já em mim, ou é um falso indício de uma religiosidade desesperada?

Será que eu tenho meu Cristo?

Há quem defenda que “ Quando Cristo nasce em você, você é tomado por incrível paz e todas coisas se tornam mais espirituais e a certeza de que o nosso reino não é neste mundo” se faz presente, outros compreendem que aquele que tem o Cristo nascido “ não aceitam mais aquilo que não é sagrado, e assim como Jesus expulsou os comerciantes do templo, passa a expulsar os comportamentos mais mercantilistas e as pessoas que “atrapalham” a sua evolução com a violência da espada”, outros fazem até listas para se convencerem que tem feito de um tudo:  Concentração Ok, retrospecção ok, vegetarianismo Ok, contemplação de obras de arte OK, portanto “Cristo nascido”.

Desconfio de um Cristo suave, gentil, amoroso e que sabendo o deserto perigoso o qual toda a humanidade se encontra ajoelha-se diante do pai a nossa frente. Desconfio do menino brincalhão que foge do céu para estar próximo da humanidade entoado por Fernando Pessoa. Desconfio que todas as coisas que podemos fazer são às vezes bem díspares do que sentimos, e que é urgente ser BOM inteiro para que Ele nasça verdadeiramente. Ele disse que veio para todos aqueles entregues por seu Pai, então será que os estudantes rosacruzes não deveriam, ao invés de  sentirem-se escolhidos ou privilegiados, assumir sua co-responsáveis pela salvação e a elevação de seus irmãos e não se preocuparem tanto com sua própria elevação?

Estamos nos preparando para o próximo Natal, que o sentido dele seja a Bondade, a Beleza e a Verdade e que possamos buscar tenazmente todas estas coisas, mas que o foco seja o nascimento deste Menino que vem por sermos famintos e sedentos Dele e que quando nascido em nós, possa Ele tornar-nos cada vez mais potentes na Obra de salvar toda a humanidade da escuridão. 
 
Abraço fraternal e que as rosas floresçam em vossa cruz!
 
Maria Gaby 
 
 

0 respostas em "O Significado do Natal para Um Estudante Rosacruz"

    Deixe sua mensagem

    Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

    X
    %d blogueiros gostam disto: