Astrologia | 22/01/2020

Aquário é um signo do elemento ar e princípio ativo fixo, intimamente ligado às  forças inovadoras de amor e de liberdade; Comporta a dualidade entre o divino e o humano e é responsável pelas relações fraternais que constituem a base para o amor verdadeiro, pautado na solidariedade. 

A Hierarquia de Aquário derrama sobre nosso planeta a seiva vital, inundando-o de Vida e mantém um modelo do ideal paterno e de irmandade entre os homens, expandindo a amizade e o Amor Fraternal. 

 O verdadeiro pai cria e doa ao mesmo tempo, entregando tudo nas mãos de seu filho, inclusive a liberdade de ser. Cristo ensina que o Amor e a Verdade são fontes de libertação.

Urano, o Planeta do Altruísmo é o planeta regente de Aquário (e Saturno é seu co-regente), sua influência pode trazer traços de loucura e/ou genialidade. Congrega as forças oponentes de Marte, O Planeta da Ação e Vênus, O Planeta do Amor. Tais forças invisíveis sustentam a dinâmica visível de toda a natureza e nos ensinam a reconciliarmo-nos com nossos inimigos.

Quando essas forças não se realizam, temos o desamor e a consequente manifestação da doença. A relação entre marte e vênus concebe o verdadeiro amor uraniano. A consciência cósmica uraniana é dada pelo Cristo interno – a Luz interna, que  pensa para além dos padrões e pode levar à clarividência.

Ao mesmo tempo que Aquário está sob a influência dessas forças inovadoras e libertadoras está também sujeito às forças aprisionantes por ser um signo fixo que naturalmente forma quadraturas com signos fixos: O Signo de Touro,  O Signo de Leão,  e o O Signo de Escorpião.

Os signos fixos estão relacionados ao mundo físico e estão sujeitos as tentações do orgulho, luxúria e ganância, e aos excessos em geral, portanto tendem ao acúmulo de carma. Quadraturas entre signos fixos comportam amor e ódio, promovendo fixações na “carne” e rotas de colisão (desejos inflamados com descargas tóxicas e devaneios). A liberdade, tão almejada por Aquário, pode então decair em restrições resultantes dessas quadraturas.

Entretanto, a quadratura entre Escorpião e Aquário, guarda a oportunidade de transformação da natureza animal em espiritual (essência do método de desenvolvimento Rosacruz). O cirúrgico poder espiritual de Escorpião unido ao crístico poder do amor de Aquário, que cura os males do coração, resultam no verdadeiro serviço de cura. Faz-se necessário o sacrifício da carne para que o verdadeiro amor aconteça.

O Filme Drácula de Bram Stoker trata a questão da transformação da natureza animal em natureza espiritual.

O eixo Leão (Vontade) – Aquário (Intuição) busca amar e ser livre. Com a Luz de Cristo, que representa a prefeita conciliação entre estes dois signos, o coração transformar-se-á em órgão voluntário e será capaz de libertar o ser humano do pecado.O arcanjo Cristo é a Luz que irradia do coração. O coração do Cristão Místico sangra por todos os que sofrem e colabora com o movimento do mundo em direção à cura.

0 respostas em "O Signo de Aquário"

    Deixe sua mensagem

    Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

    X
    %d blogueiros gostam disto: