Astrologia | 23/10/2019

O signo de escorpião é do elemento água e tem dupla regência planetária: Marte e Plutão, ambas ligadas ao elemento fogo. Marte , que confere inclinação ao heroísmo  e Plutão à estratégia e planejamento profundos. Quando ascendente reforça as qualidades já referidas e ainda auto-confiança (a essência do heroísmo), determinação, coragem, rebeldia e cautela,  tornando o indivíduo um “general de guerra” e um eterno buscador, assim manifesta seu princípio águia. Tem extrema habilidade de exercer “controle nos bastidores”, é discreto, não é vaidoso, de forma que supera em capacidade de exercício de poder até mesmo o signo de leão. Escorpião tem facilidade de enxergar a alma e necessidade de interferir na realidade, gerando transformação.

Escorpião tem o “olho de águia”, que é um “olho espiritual”, como a coruja é capaz de ver na escuridão, despertar poderes anímicos e dinamizar talentos, sendo responsável por processos de sutilização, ou seja, o aparelhamento e a ampliação do campo de percepção, trazendo à luz da consciência tudo o que estava oculto na alma. Deve ir além do senso comum e com uma vontade dirigida e determinada, buscar o significado, o  propósito, a meta da vida, guiado pela luz da alma.

Das experiências do cotidiano é capaz de retirar a essência que alimenta o Espírito, trabalhando dia e noite, secreta e silenciosamente. É o curador por excelência pois em suas oitavas mais elevadas é o signo da regeneração, do veneno ele extrai o elixir curativo, é o alquimista.

Escorpião é o governante da casa 8 do horóscopo, Libra o antecede governando a casa 7 onde se  inicia a subida para o hemisfério superior do mapa  a partir da qual é proposto o desenvolvimento da semelhança com Deus. Esta passagem é bastante difícil, pois o planeta Saturno se exalta em libra e traz desafios np no que tange as relações com o próximo. A oitava casa representa a morte a transformação. É preciso matar o dragão para se alcançar a individualidade, no interior do amor. O amor pode ser mais forte do que a morte e libertar-nos do fardo pesado e do julgo opressor.

Tem uma sensibilidade muito profunda e costuma ser constantemente assolado por questões igualmente profundas, como: “quem sou?”,  “o que é a vida?”, tende a acumular conflitos íntimos no seio da alma, ambiciona as riquezas ocultas, levando muitas vezes à sensação de angústia e de abandono sendo sujeito a muitas provações.

Os aspectos negativos de escorpião, que devem ser transmutados, referem-se a: desejos diabólicos, que direta ou indiretamente acabam prejudicando aos outros, hostilidade, rivalidades, ódio, cobiça (que é a degeneração do sentimento de gratidão), manipulação de forças ocultas, egoísmo (que é diretamente ligado à magia), a inveja (degeneração da graça) e luxúria (ligada à degeneração das forças vitais, à necessidade de possuir o outro  e aos sentidos totalmente voltados para o prazer). A região sacral, sede de desejos sensuais, é um verdadeiro “ninho de demônios”. Outro aspecto desafiador é o sentimento de culpa que acompanha o escorpião, uma culpa obscura e envergonhada. A tarefa de escorpião resume-se em perdoar e ser perdoado e purificar o sangue, os desejos e a mente.

A transformação da cólera em ternura é realizada por meio de um “purgatório diário”, com a presença do amor no cotidiano. Escorpião é o “lavabo da purificação” onde a natureza animal de touro e de leão, signos com os quais faz quadratura natural,  devem ser sacrificadas. A limpeza do nosso templo (nosso corpo) é simbolizada na bíblia pela passagem onde Cristo expulsa do templo as ovelhas (áries) , os bois (touro) , lança ao chão as mesas dos cambistas (gêmeos) e liberta os pombos (os espíritos). O remorso, com ardor da consciência é um movimento em direção à salvação da alma.

“ O homem que não atravessa o inferno de suas paixões não as supera”. Jung

Filmes recomendados: Drácula de Bram Stoker,  O Sétimo Selo, Nostalgia

Por uma Estudante

0 responses on "O Signo de Escorpião"

    Leave a Message

    Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

    X