/ Astrologia

O Sol ingressou em Sagitário

O Sol ingressou em Sagitário

Representado pelo Centauro, munido de arco e flecha, o signo de Sagitário é representante da confiança, do ímpeto, da independência e das capacidades de crer, de apostar e de triunfar. Com sua característica de Euforia (Perfeita Luz), em sua oitava superior ama os prazeres celestes e saboreia a aventura de viver, sendo apto a  irradiar a Luz da Sabedoria. 

Esse é o signo de pessoas que sempre querem mais, que não suportam limites. Seu objetivo, porém, é ir além da vida física e adquirir visão ampla e contemplativa de tudo o que existe, ou seja, desenvolver a clarividência

Notamos em Sagitário, especialmente para quem tem esse signo no ascendente, ou forte no mapa, uma acentuada tendência a ceder aos apelos da carne. Logo, sua principal tarefa consiste em superar sua natureza animal, representada na parte inferior do símbolo, para  ascender ao nível  humano e atingir a estatura divina, o Super-Homem de Nietzsche. 

O Desejo deve ser servo da Razão!

Para isso, seu pensamento deve tornar-se apto a governar as caóticas emoções de seu Corpo de Desejos. Essa tarefa alquímica se dá na passagem por Escorpião, o signo que o antecede, por meio da qual, a Luz resplandece nas Trevas

Escorpião desce aos infernos, com coragem,  para encarar a morte. 

O Cavalo Alado conquista a imortalidade no Céu.

O Escorpião – Águia (oitava superior desse signo) é o poder mágico, que ao rasgar os véus da “realidade”, liberta as almas da escravidão da ignorância, para que possam subir aos céus. 

A flecha de Sagitário, redimida, representa o puro estado de atividade. Sagitário deve compreender a vontade do Pai e Capricórnio, que vem a seguir, deve realizá-la, assim como nos ensinou Cristo:

Não sou Eu que faço as Obras, mas sim 

o Pai, que as realiza através de mim.

Júpiter, o planeta da sabedoria, da dadivosidade e da abundância, regente de Sagitário, é necessário para o Desenvolvimento Espiritual da Consciência, o nosso Tribunal Interno, representado pela inteireza do Self. Nesse processo de desenvolvimento de Consciência, o atrito entre contrários (Eu superior e eu inferior) tem papel crucial.

Entretanto, quanto mais Consciência tivermos, mais agonia e angústia teremos, até que seja atingida a Felicidade de Amar a Deus sobre todas as coisas.

A Consciência é um pedaço de Deus dentro de nós.

O planeta Mercúrio (regente da casa 3), ligado à razão e ao intelecto, prepara a chegada a Júpiter (regente da casa 9), a sabedoria. Todo sábio poupa palavras, é objetivo, metódico, sóbrio e focado. Tem seu intelecto receptivo, que é a antítese de um sistema mental fechado. 

Com o auxílio de Júpiter podemos aprender a Pensar, com sabedoria, aqui, na Imanência. Na casa 6 do nosso tema natal, por exemplo, onde desempenhamos atividades rotineiras, podemos aprender que o extraordinário habita no ordinário.

Mensagens para esse mês, com Sol em Sagitário:

Empenhar-se para conhecer a si mesmo,

 tendo como alvo o Cristo Interno.

Basta desejar, com Fome e Sede, a Verdade e a Justiça e 

a Luz da Sabedoria

 desponta a brilhar no seio da Alma.

OBS: Júpiter e Saturno estão em conjunção no início do signo de Aquário. É o momento de Realizar (Saturno) o destino com Sabedoria (Júpiter) e com os olhos no Futuro (Aquário). Recomendamos o filme Poder Além da Vida, onde o personagem Sócrates representa bem a mencionada conjunção.

Que as Rosas Floresçam em Vossa cruz!

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X