Sinfonia nº 4 – Beethoven

Filosofia | 13/11/2019

Sábado – 16 de novembro, 13h, apreciaremos e estudaremos esta maravilhosa obra de Beethoven, em mais uma etapa do Ciclo de Estudos das Sinfonias de Beethoven nos Sábados Musicais da Fraternidade Rosacruz.

 

“Diante da Sinfonia de Beethoven, nós estamos frente a um marco de um novo período na história da arte universal, pois, através dela, apareceu um fenômeno raríssimo no mundo da arte musical de todos os tempos.” Richard Wagner

Ludwig Van Beethoven nasceu em Bonn, Alemanha, em 16 de dezembro de 1770, destinado a uma missão superior. Sua vida pessoal não foi nada fácil, fato comum entre os gênios que não raro se deparam com as condições mais desfavoráveis para o seu brilho.

“Eu não tenho amigos, tenho que viver só; mas sei que em meu coração, Deus está mais perto de mim do que de outros. Eu me aproximo d’Ele sem medo e sempre O conheci. Também não estou preocupado com minha música, que possa ser levada por um destino adverso, pois ela libertará aquele que a compreenda da miséria que aflige outros”.

Precoce, destacou-se cedo mas  o infortúnio o perseguia e o levou a surdez nos últimos anos de vida.

É fato que a arte tem sido canal de instrução da humanidade utilizado pela Hierarquias Divinas para elevar o Homem à Divindade. Música, pintura, literatura, teatro, todas trazem inúmeras obras edificadoras do caráter humano.  Corinne Heline afirma que Beethoven e m suas Nove Sinfonias descrevem o caminho iniciático e suas fases.q

No Caminho da Iniciação o Homem vai para Si percebendo ser muito mais do que apenas um corpo físico, reconhecendo cada camada que o compõe e simultaneamente torna-se apto a conhecer intimamente a Terra em seus vários veículos e funções.

Como preparação para o árduo e trágico século XX, no séc. XIX as obras dos iniciados Wagner e Beethoven foram trazidas para a humanidade voltar-se novamente à espiritualidade uma vez que já se encontrava bastante extraviada pelo materialismo. Wagner logo identificou em Beethoven um colega de missão e  extasiou-se de tal forma com a nona sinfonia que a executou na inauguração do teatro de Bayreuth.

“Qualquer coisa que se possa dizer desta sinfonia, o fundamental é que, quando terminou seu trabalho e contemplou a grandiosidade do monumento que tinha acabado de erguer, Beethoven deve ter dito a si mesmo:  ´Deixe a morte vir agora, minha tarefa está cumprida ‘.” Berlioz

A culminância do trabalho de Beethoven foi alcançada nas suas nove sinfonias. Ele começou a primeira quando o mundo estava no limiar do século XIX. A Primeira Sinfonia foi escrita em 1802. A nona e última foi completada e dada ao mundo em 1824. Com esta sublime composição, sua missão terrestre se aproximava de sua conclusão gloriosa. Seu chamado veio em 1827.

No seu mais alto aspecto, as Nove Sinfonias de Beethoven são uma interpretação musical dos passos iniciatórios conhecidos como os Nove Mistérios Espirituais. A primeira, a terceira, a quinta e a sétima são poderosas, vigorosas e imponentes, tipificando características masculinas centradas na cabeça ou no intelecto. A segunda, a quarta, a sexta e a oitava são gentis, graciosas, ternas e belas, tipificando as características femininas centradas no coração ou na intuição.

Quando um aspirante passa através de vários passos iniciatórios dos Mistérios, ele aprende a equilibrar as forças da cabeça e do coração. Sua união é conhecida como o Casamento Místico. É este lindo rito que Beethoven descreve na sublime música da Nona Sinfonia.

Cada Iniciação é acompanhada por música celestial – música que Beethoven trouxe para a Terra e traduziu para os humanos nas Nove Sinfonias. Quando o ser alcança o exaltado lugar da Nona Iniciação, ele chega à mais alta fase das Iniciações. Torna-se um Adepto. Então, ele é capaz de chegar à presença do Senhor Cristo e receber Sua suprema bênção.

Texto adaptado de estudo de Corinne Heline sobre as Sinfonias de Beethoven

 

Recomendamos a leitura do livro em PDF de Max Heindel Mistério das Grandes Óperas 

Ou adquira conosco

Mistérios das Grandes Óperas

0 respostas em "Sinfonia nº 4 - Beethoven"

    Deixe sua mensagem

    Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

    X
    %d blogueiros gostam disto: