Viver a Vida

Filosofia | 28/03/2020

 

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.” Oscar Wilde

 

Com esta pequena frase, o escritor britânico deixa claro que viver é diferente de existir e também que poucas são as pessoas que vivem. Neste sentido, podemos indagar:

 

O que é viver? Quando podemos dizer que a vida existe de fato?

 

Leiamos a chave dada pelo discípulo amado João e que pode ser encontrada em seu Evangelho:

“Nele estava a vida e a vida era a luz dos homens; e a luz resplandece nas trevas e as trevas não a compreenderam.”João 1: 4,5

No entanto, a concepção científica moderna diz ser vida, a organização molecular que tem por base o elemento químico carbono, de modo que processos bioquímicos possam resultar na formação de células que constituem, por exemplo, plantas, bactérias e animais. Por mais que isso possa parecer limitante ou mesmo absurdo para algumas pessoas, indica tanto um modo de pensar que nos constitui (pois é intrínseco ao momento histórico atual), mas pode também nos dar uma outra perspectiva de estudo em nossas abordagens sobre a Concepção Rosacruz do Cosmos, sua Cosmogênese e ainda permite que reflitamos acerca de nossa atitude perante os ideais propostos pela Filosofia Rosacruz.

Encontramos no Ritual do Equinócio de Março:

A vida é uma escola e aprendendo as suas variadas lições, a humanidade está, lentamente, evoluindo desde uma centelha divina até à Divindade…Com esses ideais firmemente fixados em nossa Mente, o tempo da Páscoa apresenta-se como a ocasião em que devemos rever a vida durante o ano precedente e tomarmos novas resoluções que, no próximo ano, sirvam para aumentar o nosso crescimento anímico. Esta é a ocasião em que o símbolo do Sol ascendente nos deveria conduzir para uma perfeita realização do fato que somos apenas peregrinos e estranhos sobre a Terra; que, como Espíritos, o nosso lar real está no céu, e que nos devemos esforçar para aprender as lições nesta escola da vida, tão rapidamente quanto seja compatível com o serviço que devemos prestar.”

 

Estamos vivendo esses ideais? Sentimo-nos peregrinos nesta escola da vida?

 

A Filosofia Rosacruz visa realizar o casamento místico entre os “Filhos Caim” (cientistas) e os “Filhos de Seth” (místicos), e enfatiza a necessidade de todo aspirante buscar a união entre a razão e o coração e promover uma fusão entre Água e Fogo através do “viver a vida”. 

Portanto, finalizamos sugerindo a meditação no trecho a seguir, que trata do “viver a vida” e da nossa responsabilidade perante os ensinamentos recebidos dos Irmãos Maiores da Ordem Rosacruz.

 

“Mas, como transmitiremos ao mundo esta maravilhosa doutrina que recebemos de nossos Irmãos Maiores? A resposta a esta pergunta é:  Agora e sempre vivendo a vidaDiz-se, para o eterno mérito de Maomé, que sua esposa foi sua primeira discípula. Com toda certeza não foram apenas seus ensinamentos, mas a vida que vivia no lar, dia a dia, ano após ano, que conquistou a confiança de sua companheira, de tal modo que ela não hesitou em depositar em suas mãos seu destino espiritual. É relativamente fácil permanecer diante de estranhos que desconhecem nossas mazelas e para quem nossos defeitos não são visíveis, e pregar por uma ou duas horas cada semana. Mas é muito diferente pregar vinte e quatro horas por dia dentro do lar, como Maomé deve ter feito vivendo a vidaPara obtermos o mesmo êxito de Maomé devemos principiar pelo exemplo na própria casa. Demonstrar aos irmãos mais próximos, no exercício do cotidiano, os ensinamentos que norteiam nossa existência. Isso é realmente sabedoria. Diz-se que a caridade começa em casa. Esta é a palavra que deveria ser traduzida por “amor” no 13º Capítulo da Primeira Epístola de São Paulo aos Coríntios. Mude isto também para sabedoria e leia: A disseminação da sabedoria começa em casa. Que seja este o nosso lema através dos anos. Vivendo a vida em nosso lar, promoveremos nosso ideal de forma mais eficaz do que por qualquer outro método. Muitas pessoas céticas se converteram à Fraternidade Rosacruz através da conduta de seus maridos, esposas ou familiares. Possam os demais segui-los.” do livro Ensinamentos de Um Iniciado, Max Heindel  

 

Que as rosas floresçam em vossa cruz!

 

Vídeo Sugerido:

 

Curso sugerido:

Curso Preliminar de Filosofia Rosacruz

 

Textos Sugeridos:

Um decálogo para as relações humanas baseado nos ensinamentos de Crist

  • Publicado na Revista Serviço Rosacruz – junho/1970

Os Irmãos Maiores da Ordem Rosacruz

  • Publicado na Revista Serviço Rosacruz de maio/1970

 

 

 

 

Copyright © 2018 Fraternidade Rosacruz - Sede Central do Brasil. Todos os Direitos Reservados.

X
%d blogueiros gostam disto: